Renascer

Nascer e Saber. Amar para querer
Não quero ter medo. Nem sentir receio

E libertar-me. Quero tudo novamente
Jurar solenemente. Que irei amar ardente

Sentir a sensação de amor quente. Rejeito a solidão

Não te ouço coração. Aquele quadro de desolação

Que me dá uma terrível contemplação. É tempo de renascer

Para voltar a viver. Do coração abrir
Ter atitude de agir. Confiar mais

Chorar menos. Abrir-me mais
Fechar-me menos. Tudo o que foi

A mim já não me doí. Não sou um ninguém
Para ti provavelmente. Já serei alguém. Eu já me achei

Contigo a meu lado. Os sentimentos encontrarei
Ao fundo da questão irei. Sinto a alma pasma

Tão calada. Silenciada
Talvez abstracta. Talvez seja tempo de oportunidade

Abandonar o tempo de calamidade. E deixar encher o corpo desta imensidão
Largar a escuridão. Renascer. Ser feliz e aprender

Encontrar esta metade quebrada. Junto caminharmos ao som de uma balada.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s